ABDL divulga perfil setorial da venda de porta a porta

Extinto em países de economia mais desenvolvida, o segmento de vendas porta a porta do livro segue crescendo no Brasil. Segundo pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Difusão do Livro (ABDL), esse tipo de venda cresceu 25% em faturamento, entre 2013 e 14.

O salto foi de R$ 1.081.801.651,89 para R$ 1.354.009.673,85, se consolidando como segundo maior canal de vendas a varejo de livros no país. Os dados estão na pesquisa Perfil Setorial cuja coleta de dados foi feita durante Salão de Negócios da entidade, em março passado. A pesquisa, além de apurar o faturamento das empresas do setor, pediu aos seus associados que fizessem um balanço do ano passado.

A conclusão é que 2014 foi um ano de mudanças, que exigiu uma série de ajustes nas estratégias das empresas, o que resultou em aumento nas vendas do setor. A pesquisa perguntou sobre planos futuros e 88,6% dos empresários entrevistados responderam que pretendem ampliar os investimentos nesse ano. No entanto, os empresários estão em alerta para uma série de problemas e desafios que podem afetar o seu desempenho em 2015. Entre eles, a inadimplência, os problemas cambiais e a dificuldade de encontrar e treinar novas equipes. Ainda assim, a pesquisa mostra que editoras (33,8%), atacadistas (45,1%) e crediaristas (42,3%) já projetam superar o faturamento de 2014 em 2015.

Fonte: PublishNews – Leonardo Neto