ABDL faz homenagens durante a Festa de Confraternização

A Festa de Confraternização do mercado editorial, realizada no dia 10 de dezembro, em São Paulo, pela Associação Brasileira da Difusão do Livro (ABDL) e pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), contou com importantes homenagens às personalidades que contribuíram para o incentivo à leitura.

O tradicional “Prêmio Difusor do Livro”, instituído em agosto de 2000, foi concedido ao Programa Itaú Criança, por conta do projeto Leia para uma Criança, no qual os adultos são convocados a ler para as crianças e, por meio da leitura e do compartilhamento de histórias contribuírem para a ampliação do seu repertório cultural, para o seu lazer, para a sua convivência familiar e para o fortalecimento dos vínculos afetivos.

Foram homenageados também, profissionais do segmento de venda de livros porta a porta que estão no mercado há 25 e 50 anos e não medem esforços para valorizar e fortalecer o crescimento do setor. Foram
eles:

50 anos

Dirceu Angelotti – Editora Angelotti
Em 1959, aos 14 anos iniciou sua atividade no ramo do livro na Edigraf Ltda. Durante esse período, cursou Artes Gráficas no SENAI. Em 1963 trabalhou na São Paulo Editora e, de 1966 a 1973, na Encadernadora Lumem e Editora Rideel, ambas de propriedade do Sr. Ítalo Amadio.
Fundou a Editora Angelotti em 1973, juntamente com o Sr. Ítalo Amadio que se desvinculou da empresa em 1978, o que deu ensejo à entrada da Srª Daisy Angelotti, tornando o empreendimento estritamente familiar.
Com 56 anos dedicados ao livro, Dirceu Angelotti continua no mercado atacadista com o mesmo entusiasmo e determinação que o fizeram conhecido e respeitado por todos.

25 anos

Cristian Muniz – PAE Editora
Há mais de 20 anos como proprietário da PAE Editora – Programa de Assistência ao Estudante, e muitos outros trabalhando como vendedor porta a porta da DCL e da editora Iracema, Cristian Muniz é um empreendedor nato.
Cristian é o grande exemplo daqueles que lutam para realizar seus sonhos, colocando os livros sempre em primeiro lugar em suas vidas.
Entende como poucos da atividade dos profissionais que se dedicam desde a elaboração do livro até sua distribuição, pelo simples fato de ter vivido cada passo desse caminho. Com ideias sempre inovadoras, ele acredita que a leitura pode fazer muito pelo Brasil e, por isso, tem se empenhado em produzir e criar materiais que ajudem a transformar leitores em cidadãos de verdade.

Donaldo W. Buchweitz – Ciranda Cultural
Durante a década de 80, Donaldo Buchweitz deixou sua cidade natal no sul do país e mudou-se para São Paulo. Na capital paulista, começou a vender revistas e, logo em seguida, livros, no tradicional modelo porta a porta. Para expandir os negócios, começou a participar de feiras de livros em escolas e, durante esses eventos, percebeu o grande interesse das crianças pelas publicações. Então, em 1990, abriu sua distribuidora de livros que, anos depois, viria a se tornar também uma editora: a Ciranda Cultural. Assim, há mais de 25 anos tem enriquecido a história do livro infantil.

Elias Antonio da Silva – Editora e Distribuidora Savoy Mesmo sem ter nunca travado contato com o mercado livreiro, ao ser convidado por um colega da empresa na qual trabalhava em 1986, Elias Antonio da Silva não hesitou em aceitar o desafio de vender livros de porta em porta. Foi na Editora Sivadi que ele cresceu na profissão do livro. Lá permaneceu por 16 anos como Supervisor de Equipe de Vendas Externas e, por mais quatro, como Gerente do Depto. de Vendas. Quando a Sivadi encerrou suas atividades em 2006, ele ergueu, com muito orgulho, a sua própria: a Editora e Distribuidora Savoy, onde é conhecido por sua paixão pelo livro. Há 29 anos neste setor, o livro continua sendo seu fiel companheiro de trabalho. E sua gratidão, ele demonstra no dia a dia, formando vendedores que levam o sonho de ler a todos os lares brasileiros.

Enias Paschoal Júnior – Editora Vale das Letras
1986 foi um ano especial na vida de Enias Paschoal Junior, pois foi em novembro daquele ano que ele começou a flertar com o livro profissionalmente. Formado em Engenharia Elétrica pela FEI e Administração de Empresas pela Universidade São Marcos, Enias iniciou esse relacionamento com o mundo mágico do livro na Editora DCL – Difusão Cultural do Livro. Com quase trinta anos no ramo editorial, Enias agradece, com brilho nos olhos, cada momento registrado nas páginas do livro de sua vida. Muitas amizades, dúvidas, alegrias e incertezas lhe garantiram uma experiência sem par e o transformaram nessa pessoa querida que ele é hoje. A Editora Vale das Letras que ele dirige com sua esposa, Patricia Mara de Amorim, é uma referência de dinamismo e sucesso para todos do mercado editorial.

Clique aqui para conferir as fotos do evento