CBL lança o 57º Prêmio Jabuti

O lançamento do 57º Prêmio Jabuti, promovido pela Câmara Brasileira do Livro, aconteceu na segunda-feira (1/6), no Auditório Ernesto Igel, do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), no Itaim Bibi, em São Paulo.

No evento que contou com a presença de editores, escritores, jornalistas, profissionais do livro, presidentes e representantes de entidades e autoridades, foi anunciado que as inscrições para o Prêmio Jabuti 2015 estão abertas e seguem até 31 de julho.

Marisa Lajolo, curadora do Prêmio Jabuti, contou as novidades para a edição de 2015. Foram inseridas duas novas categorias: Adaptação e Infantil Digital. A primeira consiste em obras adaptadas, por meio de nova redação ou por transformação de textos em imagens, incluindo as histórias em quadrinhos. Já a segunda abrange conteúdos para o público infantil combinados a elementos multimídia interativos. Além disso, as categorias Arquitetura e Urbanismo e Artes e Fotografia foram unificadas, contemplando obras compostas por pesquisas, ensaios e textos profissionais relacionados a tais temas.

Para o presidente da CBL, Luís Antonio Torelli, as mudanças na edição de 2015 têm como propósito manter a premiação atualizada. “Hoje em dia, é impossível ignorar os avanços dos recursos tecnológicos. O livro digital é uma realidade dentro do mercado editorial e devemos incluí-lo como uma plataforma de leitura importante. Inclusive, essa é a base da nossa gestão: ‘mais livros em todos os sentidos'” afirma. “Para continuar sendo referência e ter reconhecimento, devemos atualizar os nossos critérios de avaliação. Afinal, temos mais de 50 anos de história”.

Lúcia Santaella, professora e doutora em Teoria Literária na PUCSP, brindou os participantes com a palestra Contribuições do livro digital para o universo infantil. “Parabenizo os organizadores do Jabuti, pois, assim como a evolução humana o prêmio está em constante tranformação” afirmou a professora Santaella.

A premiação

Os laureados em todas as categorias que compõem o prêmio receberão o troféu Jabuti e o valor de R$ 3,5 mil. Os vencedores do Livro do Ano – Ficção e Livro do Ano – não Ficção serão comtemplados, individualmente, com o prêmio de R$ 35 mil, além da estatueta dourada.

O Conselho de Curadores de 2015 é formado por Marisa Lajolo, Antônio Carlos de Moraes Sartini, Frederico Barbosa, Luis Carlos de Menezes e Márcia Lígia Guidin. Este conselho fica responsável pelo acompanhamento e pelo julgamento de todas as etapas do prêmio.

Os interessados em se inscrever devem acessar o site www.premiojabuti.com.br, onde está disponível o regulamento completo da premiação. Serão aceitas obras inéditas, editadas no Brasil, inscritas no ISBN e que apresentam ficha catalográfica.

Fonte: CBL